fbpx

SENAI

Como construir personas sem "achismo"?

Data AnalyticsDesign de ServiçosUX
SENAI

DESAFIO

O Departamento Nacional do SENAI possui o grande desafio de garantir o padrão de qualidade de ensino desejado em todas as suas unidades, espalhadas pelo território brasileiro.

Porém, essa busca por padronização envolve um desafio anterior: conhecer a fundo as necessidades, motivações e dificuldades dos profissionais da comunidade de gestão escolar, formada por: público interno, discentes, diretores, orientadores pedagógicos, entre outros.

Para adquirir esse conhecimento, o SENAI desejava ir além dos conceitos normalmente associados aos cargos escolares, baseando-se não em “achismos”, mas sim em pesquisas e dados qualitativos e quantitativos.

ESTRATÉGIA

Unindo ferramentas do Design de Serviços e de UX Research, realizamos visitas contextuais e entrevistas qualitativas para gerar hipóteses sobre os perfis de profissionais existentes.

Para validar essas hipóteses, aplicamos um questionário quantitativo a nível nacional, na base de colaboradores das escolas do SENAI, que obteve mais de 3 mil respostas.

Por fim, por meio de workshops co-criativos e análises de dados, consolidamos os aprendizados em nove Personas da comunidade escolar e mapeamos quatro características-chave presentes entre os colaboradores.

RESULTADOS

A visão das personas baseadas em características-chave e não apenas em cargos trouxe um entendimento mais profundo sobre o time das escolas, indo além do senso comum e das associações que são normalmente feitas às profissões ligadas à educação.

O material se tornou uma ferramenta orientadora para o Departamento Nacional na tomada de decisão e no planejamento de suas ações que têm como público a comunidade escolar e seus diferentes perfis de profissionais.

Pesquisa quanti com mais de 3 mil respostas em abrangência nacional

 

04

Escolas visitadas

 

02

Estados

 

+10

Entrevistas qualitativas

 

09

Personas feitas com dados qualitativos e quantitativos

 

 

 

“Acredito que a construção das personas foi fundamental para conhecermos melhor o perfil dos colaboradores das escolas e ter esses clientes sempre em mente. Agora, quando vamos pensar em um novo projeto, já imaginamos se será para o Sebastião, a Carol ou o Humberto.”

 

Mônica Mariano, Unidade de Educação Profissional Uniep

CASES RELACIONADOS

Ver todos →